ADMINISTRAR EM FAMILIA, COM A FAMILIA, PARA A FAMILIA ,ASSIM É EM PRESIDENTE VARGAS , A DOBRADINHA DOS IRMÃOS NEPOTISTAS

Nepotismo: prefeita de Presidente Vargas nomeia irmão e cinco parentes
.
A prefeita de Presidente Vargas e procuradora federal, Fabiana Mendes, nomeou cerca de seis familiares para cargos no Executivo Municipal, afrontando a Súmula Vinculante do Supremo Tribunal Federal (STF) que veda o nepotismo.
Sabe-se que um dos nomeados pela gestora é o próprio irmão Sebastião Figueiredo Mendes Júnior, que é chefe de gabinete.

FABIANA  MENDES E  SEU IRMÃO SÃO RESPONSAVEIS EM PRESIDENTE VARGAS PELA ADMINISTRAÇÃO FAMILIA ,A FAMOSA PANELINHA DA FAMILIA 

Júnior Figueiredo, como é mais conhecido, é proprietário de uma pousada no bairro Ponta do Farol, em São Luís, um dos metros quadrados mais caros do Maranhão, e também é dono de uma loja de aluguel de veículos. Ele recebe um salário bruto de R$ 2 mil.
Fabiana Mendes também nomeou a sua tia Rouse Meiry Figueiredo Mendes Lago para secretária- adjunto com remuneração bruta de R$ 1.400 mil.
Quem também ganhou um cargo na Prefeitura foi a prima da gestora Fabíola Trabulsi Rodrigues como coordenadora da Saúde da Mulher com salário bruto de R$ 2.850 mil.A prefeita também nomeou a cunhada Davianne Santos Miranda Selares como psicóloga; Jeová Cantanhede, irmão da vereadora Raimundinha do Jeová; a tia Clea Gonçalves Sousa e a prima de primeiro grau Juliana da Silva Rodrigues.
A Súmula Vinculante 13 é expressa em incluir a nomeação de parentes por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, no conceito de nepotismo. Portanto, é vedada lotear o Executivo Municipal com parentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *