ALERTA GERAL,,VARIANTE ÔMICRON JÁ CONTAMINA O MARANHÃO 57 CASOS JA DETECTADO EM ALGUNS MUNICIPIOS MARANHENSE -ALERTA TOTAL

Secretaria de Saúde confirma mais de 50 casos da variante ômicron no MA

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), 58 casos estão distribuídos em 14 municípios; Nas amostras sequenciadas positivas para ômicron, 57% são do sexo feminino e 43% do sexo masculino. Exames confirmaram a circulação da variante ômicron do coronavírus no Maranhão. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), 58 casos estão distribuídos em 14 municípios.

O Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (Lacen/MA) concluiu, na quinta-feira (3), o sequenciamento genômico de 68 amostras coletadas entre 14 de dezembro de 2021 e 21 de janeiro de 2022. Destas, 58 foram diagnosticadas com a variante ômicron e 10 com a delta.

Os casos confirmados da ômicron foram identificados nos municípios de Barreirinhas, Cururupu, Santa Helena, Santa Inês, Turiaçu, Tutóia, Urbano Santos, Paço do Lumiar, Pinheiro, Anajatuba, Balsas, Itapecuru Mirim, São José de Ribamar e São Luís.Nas amostras sequenciadas positivas para ômicron, 57% são do sexo feminino e 43% do sexo masculino.

SECRETARIO ESTADUAL DA SAUDE DR LULA DIVULGOU NOTA PUBLICA

Leia a íntegra da nota

“A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que o Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (Lacen/MA) concluiu, nesta quinta-feira (3), o sequenciamento genômico de 68 amostras coletadas entre 14 de dezembro de 2021 e 21 de janeiro de 2022. Destas, 58 foram diagnosticadas com a variante ômicron e 10 com a delta. Os casos confirmados da ômicron foram identificados nos municípios de Barreirinhas, Cururupu, Santa Helena, Santa Inês, Turiaçu, Tutóia, Urbano Santos, Paço do Lumiar, Pinheiro, Anajatuba, Balsas, Itapecuru Mirim, São José de Ribamar e São Luís. A variante acometeu todas as faixas etárias, sendo confirmados, entre 0 a 9 anos, um caso; 10 a 29 anos, dois casos; 20 a 29 anos, oito casos; 30 a 39 anos, doze casos; 40 a 49 anos, doze casos; 50 a 59 anos, sete casos; 60 a 70 anos, cinco casos; mais de 70 anos, dez casos; e um caso não possui identificação de idade. Nas amostras sequenciadas positivas para ômicron, 57% são do sexo feminino e 43% do sexo masculino”.

Ainda na quinta, o primeiro caso da infecção no estado tinha sido confirmado pelo secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, em entrevista ao repórter Sidney Pereira da TV Mirante.“A gente já acreditava que o espalhamento muito rápido da doença no Maranhão era de fato a Ômicron, mas a gente não tinha confirmação genética disso. Dessa vez a gente tem, de fato, a gente tem Ômicron no Maranhão, e a tendência é que ela se torne rapidamente propagada”, afirmou o secretário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *