BOMMMMBBBBBA-TRANSAÇÃO COMERCIAL ESCANDALOSA COISA DE CUMPADRE PARA CUMPADRE, ENVOLVENDO UM SENADOR,UM DEPUTADO ESTADUAL,NA MARACUTAIA A BAGATELA DE MILHOES DE REAIS

Alô, polícia! Assembleia Legislativa paga parcela de R$ 1,9 mi por “aluguel de antena” da Difusora

PRINCIPAIS PROTOGONISTAS  QUE ENVOLVE O SISTEMA DIFUSORA,ONDE OS CUMPADRES SE DÃO BEM

O Sistema Difusora de Comunicação já recebeu da Assembleia Legislativa do Maranhão, presidida pelo deputado estadual Othelino Neto (PDT), R$ 1.994.800,00 (hum milhão, novecentos e noventa quatro mil e oitocentos reais) para, supostamente, transmitir as sessões legislativas em canal aberto em 33 cidades. Ou, em outras palavras, para alugar as antenas da emissora, em plena era do 5G.

SISTEMA DIFUSORA O EPICENTRO DOS CUMPADRES

Apesar da queixa de falha ou ausência de transmissão em algumas cidades, Othelino Neto já autorizou o empenho de R$ 2.127.787,00 e pagou R$ 1,9 milhão. Segundo o apurado, o motivo da contratação vai além do descrito no contrato nº 45 / 2021, de ampliar a transmissão das sessões.
O real motivo, segundo fontes de A Carta Política e do blog do jornalista Matias Marinho, é beneficiar o compadre do senador Weverton Rocha (PDT), o advogado e empresário Willer Tomaz, que recentemente adquiriu a emissora por pouco mais de R$ 60 milhões. O contrato, de quase R$ 12 milhões (por apenas 12 meses), é uma forma também de não desfalcar o poderio midiático do senador Weverton Rocha, visando as eleições gerais de 2022. É, sem sombra de dúvidas, um fortalecimento econômico, midiático e político bancado com dinheiro público.
Mesmo a contratação tendo sido feita por meio de licitação, ela ainda é questionável pelo fato de ter sido pouco publicitada e somente empresas ligadas à atual administração foram consultadas na pesquisa de mercado feita pelo setor de licitação da Assembleia.
Foram consultadas, na pesquisa de preço, a própria TV Difusora de São Luís; a TV Meio Norte, com sede em Teresina; e a TV Norte & Sul de Açailândia. Todas as emissoras têm ligações com a diretoria do Sistema Difusora de Comunicação.
O maior grupo de Comunicação do Maranhão, o Sistema Mirante de Comunicação, não foi consultado nesta pesquisa, inclusive, pela rapidez do processo, nem ficou sabendo do certame. Após saber do contrato, o empresário Fernando Sarney chegou a reclamar da escandalosa negociata.

FONTE- MATIAS MARINHO PARCERIA COM O BLOG RODA VIVA 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *